Mes: julio 2015

Quem ama o feio, bonito lhe parece

Oi gente, ontem subi uma nova música no PELPHi do Seu Jorge (ouça-a aqui) e nela há tem três ditados que trazem um tema bastante interessantes para comentar:

  1. Quem ama o feio, bonito lhe parece
  2. A beleza está nos olhos de quem vê.
  3. A beleza está dentro de você.

É uma maravilha que Deus  tenha nos criado tão diferentes e com gostos tão distintos uns dos outros. Pois, o que seria do feio se não tivesse alguém que gostasse dele ou que o achasse bonito? Agora pensemos, o que é feio? Existe o feio? Pensando bem, acho que não. Porque, em minha opinião, a beleza não deveria ser vista generalizada, deve ser vista em detalhes. Devemos olhar para as pessoas e perceber nelas o que há de bonito, sejam os olhos, narizes, braços, mãos, pernas; porém, o mais importante é «a beleza que está dentro de cada um». Isso se deve a que a beleza (seja ela interna ou externa) é relativa e será avaliada ou não em diferentes aspectos de nossas vidas, dependerá do lugar (cultura) onde estivermos e da posição/cargo que ocupamos no mercado de trabalho. A seguir, listo algumas áreas, opiniões e links para você tirar suas próprias conclusões:

a) https://www.arvadachamber.org/verified/descriptive-annotated-bibliography/49/ custom coursework in uk viagra ruined my marriage https://leelanauchristianneighbors.org/disciplines/a2-history-essay-sample/57/ mark martin viagra racing hats or shirts can u really buy cialis without a prescription cheap cheap essay ghostwriting service for university my mother my best friend essay https://eagfwc.org/men/de-que-sirve-la-viagra/100/ click here cerebral aneurysm viagra https://drtracygapin.com/erections/strong-viagra-for-women/25/ critical thinking is game of thrones season 5 start date appeal letter for college example essay viagra barras order cialis without prescription enter publishing phd thesis taking flexeril with cymbalta accutane guild paternity rights department follow url cheap custom essay ghostwriters site us my favourite festival diwali short essay cialis e sotalolo https://teamwomenmn.org/formatting/pass-ged-test-essay/23/ https://leelanauchristianneighbors.org/disciplines/childhood-obesity-essay-papers-online/57/ accutane lawyers san diego buy viagra toronto canada https://hobcawbarony.org/coursework/african-american-reformers-during-progressive-era-essay/27/ see follow url Profissionalmente – Após ler um pouco mais sobre a beleza no mercado de trabalho, percebi que algumas empresas determinam a contratação ou não do candidato com base em sua percepção de belo e o que isso pode trazer para sua organização. O que para algumas pode ser positivo, porque pode atrair a admiração e a atenção para um determinado cargo, para outras pode ser negativo porque pode distrair, despertar inveja ou discriminação de outros funcionários, atrapalhando a dinâmica da organização (!) (chega a ser filosófico: ser ou não ser bonito, eis a questão, hahaha). Porém, segundo  Mario Persona, um professor, consultor e professor de comunicação no Brasil, em seu vídeo sobre Marketing Pessoal (assista-o aqui) é até importante cuidar de seu aspecto físico (algo diferente de beleza, certo?!), mas isso não é primordial, pois em uma conversa, palestra e/ou entrevista, a pessoa deve demonstrar que tem algo na cabeça. Conclusão: a beleza é boa, mas não é vital para se contratado e tampouco para se manter em um cargo.

b) Culturalmente: É sabido que a beleza é relativa dependendo da cultura de um país. Em um trabalho da fotógrafa Mihaela Noroc mostra-se a beleza em diferentes culturas e como ela também pode ser diversa – veja o perfil dela no Face The Atlas of Beauty e as fotos desse trabalho; vi também no site Mundo Estranho onde se fala sobre «estranhos» padrões de beleza, deixando claro a conclusão de que a beleza é TO-TAL-MEN-TE relativa. (eu, por exemplo, me acho linda! hahaha)

c) Socialmente – Há, inclusive, um projeto bem legal de uma amiga brasileira chamado «Somos como somos», que faz um alerta às pessoas sobre o mal que é ser conduzido a uma crença de que a beleza estampada nas capas de revistas e propagandas é a correta, fazendo com que as pessoas (a maioria dos seres mortais) se sintam completamente fora de contexto e acabam acreditando que sua beleza é, na verdade, feiura. O projeto tenta quebrar esse paradigma e dizer que em todo ser humano há beleza e que todas as marcas em nossos corpos contam a história da nossa vida: bela que só ela.

Assista aqui ao vídeo do «Somos como Somos» por Marcia Silva e também tire suas próprias conclusões.

 Minha conclusão é que não existe o feio, mas uma perspectiva distinta das pessoas que nos veem.

E, para você? O que opina sobre o tema? Deixe seu comentário no blog 🙂

Mina Feia – Seu Jorge

 

Seu Jorge

Mina feia

Minha mina é feia
Mas não tem problema
Porque sua beleza é interior
Eu vivo bem com ela
Sem nenhum dilema
Eu sei que ela é feia
Mas eu dou valor

Às vezes eu me pego
Observando ela
Tentando encontrar
O seu melhor perfil
Mas ela nem se toca
E ainda faz careta
Se acha muito linda
Tipo miss brasil

As mina lá do bairro
Ficam de bobeira
Como é que um cara assim
Bonito como eu sou
Caiu na teia
De uma mina feia
São coisas que acontecem
Por causa do amor

Oh oh oh
Quem ama o feio,
Bonito lhe parece
Oh oh oh
A beleza tá
Nos olhos de quem vê
Oh oh oh
Bonito é dar valor
A quem merece
Oh oh oh
A beleza está
Dentro de você

Essa música traz um tema bastante interessante de discussão. Por essa razão, eu lhe convido a dar uma olhadinha no comentário que postei e deixe também sua opinião, está bem? Clique aqui, leia e comente.

Brigadeiro Gourmet

brigadeiro

Ingredientes

  • 01 lata de leite condensado
  • 03 colheres (sopa) de cacau em pó
  • 02 colheres (sopa) de mel
  • 01 colher (sopa) de manteiga (eu, particularmente, substituo a manteiga por uma gema de ovo)
  • Chocolate granulado para enfeitar (já é possível encontrar granulado no Auto Mercado)

Modo de Preparo

  • Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo mexendo sem parar até que a massa fique grossa e comece a aparecer o fundo da panela (cerca de 15 minutos)
  • Despeje o conteúdo em um prato e leve-o à geladeira até esfriar (umas 2 horas).
  • Retire-o da geladeira, unte a mão com manteiga, pegue pequenas porções com a colher e faça bolinhas. (eu não uso manteiga no processo, mas sim mantenho minhas mãos úmidas para poder enrolar – se a massa começa a grudar, volte a molhar as mãos e secá-las (não completamente) para que fiquem úmidas.
  • À medida que for fazendo as bolinhas, passe-as no granulado e coloque-as em cestinhas coloridas e divertidas.
  • Sirva aos amigos e à família e fique famosa(o)

 

DICA DE PORTUGUÊS – PRONOMES INDEFINIDOS – Base_3

PRONOMES INDEFINIDOS: TODO(S), TODA(S) e TUDO

Para o falante da língua castelhana, poder ser complicado definir quando utilizar TODO e TUDO porque em sua língua somente existe TODO para TODO. Então como usá-lo? Veja como é simples:

Os pronomes indefinidos TODO(S) e TODA(S) são variáveis e devem ser usados quando há um substantivo relacionado a eles ou um adjetivo que os complete. Observe:

Na música temos: «TODA PELE é preta» = usamos TODA porque está relacionado ao substantivo feminino PELE.

Na música temos: «TODO O MUNDO é baiano»  = usamos TODO porque está relacionado ao substantivo masculino MUNDO.

ATENÇÃO: O pronome indefinido TODOS deve ser usado quando a oração se refere às pessoas, mas não explicitamente. Exemplo: TODOS estiveram presentes na festa. (como observado, o verbo está conjugado na terceira pessoa do plural, deixando claro a presença, ainda que não explicitamente, de um sujeito. Daí o uso do pronome TODOS).

O pronome indefinido TUDO é invariável (não muda) e deve ser usado quando não há nenhum substantivo relacionado a ele ou se fala em termos gerais. Observe nas seguintes frases:

a) TUDO bem com você? = Aqui usamos o pronome indefinido invariável porque falamos em termos gerais.

Para usar os pronomes variáveis teríamos que incluir um substantivo a eles relacionados, como: TODAS as coisas em sua vida estão bem? TODOS os âmbitos de sua vida estão em ordem?

b) Não tenho TUDO o que você me pediu, mas acho que o que temos nos servirá por agora.

Para usar os pronomes variáveis teríamos que incluir um substantivo a eles relacionados, como: Não tenho TODOS os ingredientes que você me pediu. Não tenho TODAS as coisas que você me pediu.

Espero que TUDO esteja claro agora. Que tal fazer uma prática? Escolha a opção correta para substituir o asterisco (*) nas frases a seguir:

1. * isso servirá para a aprendizagem de vocês.

 
 
 

2. Perdemos * a informação que tínhamos no computador? O que houve?

 
 
 

3. Nem * estavam preparados para ver aquela cena chocante.

 
 
 

4. – O que vamos usar nesta receita?

– Vamos usar * o que está em cima da mesa.

*?! Que montão de ingredientes!

 
 
 

5. * devem estar ansiosos por sua visita.

 
 
 

6. * o que foi dito era verdade. * os presentes testemunharam o fato.

 
 
 

7. Vocês têm que tirar da casa * as cortinas, * os tapetes e * o que provoque alergia na criança.

 
 
 

8. Não acredito que * isso deverá estar na sala em 5 minutos! Precisaremos de * a ajuda possível.

 
 
 



   

Todo sexta-feira – Belô Velloso – Nível_B3

Belô Velloso

Toda sexta-feira

Toda sexta-feira toda roupa é branca
Toda pele é preta
Todo mundo canta
Todo céu magenta
Toda sexta-feira todo canto é santo
E toda conta
Toda gota
Toda onda
Toda moça
Toda renda
Toda sexta-feira
Todo o mundo é baiano junto

DICA DE PORTUGUÊS - PRONOMES INDEFINIDOS - Clique aqui.


   

Trio Esperança – Conversa de Botequim – Nível_Base2

Maria Rita

Conversa de Botequim

(*) Seu garçom (1) faça o favor de me trazer depressa (2)

Uma boa média (3) que não seja requentada

Um pão bem quente com manteiga à beça (4)

Um guardanapo e um copo d’água bem gelada

Feche a porta da direita com muito cuidado

Que eu não estou disposto a ficar exposto ao sol

Vá perguntar ao seu freguês (5) do lado

Qual foi o resultado do futebol.

Se você ficar limpando a mesa

Não me levanto nem pago a despesa

Vá pedir ao seu patrão uma caneta, um tinteiro, um envelope e um cartão,

Não se esqueça de me dar palito

E um cigarro pra espantar mosquito

Vá dizer ao charuteiro

Que me empreste uma revista,

Um cinzeiro e um isqueiro.
(*)

Telefone ao menos uma vez para 34-4333

E ordene ao seu Osório

Que me mande um guarda-chuva

Aqui pro nosso escritório

Seu garçom me empreste algum dinheiro

Que eu deixei o meu com o bicheiro (6) 

E vá dizer ao seu gerente

Que pendure esta despesa

No cabide ali em frente.

 

Vocabulário:

1. Garçom – Empregado que serve as mesas em restaurantes, cafés, etc. (Aurélio)

2. Média – Café com leite

3. De pressa – rapidamente

4. à beça – Adjetivo que significa «muito». Pode-se usar em qualquer contexto, observe: «Eu fui à festa e me diverti à beça», «Sempre que vou a sua casa como à beça».

5. freguês – Cliente de estabelecimentos comerciais.

6. bicheiro – vendedor do jogo do bicho (loteria que vende números relacionados com animais – clique no link e conheça mais)