Month: mayo 2020

Kelly Smith – Era uma vez – I1

Era uma vez
O dia em que todo dia era bom
Delicioso gosto e o bom gosto
Das nuvens serem feitas de algodão
Dava pra ser herói
No mesmo dia em que escolhia ser vilão
E acabava tudo em lanche, um banho quente
E talvez um arranhão

Dava pra ver
A ingenuidade, a inocência cantando no tom
Milhões de mundos e universos tão reais
Quanto a nossa imaginação
Bastava um colo, um carinho
E o remédio era beijo e proteção
Tudo voltava a ser novo no outro dia
Sem muita preocupação

É que a gente quer crescer
E, quando cresce, quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido

Era uma vez!

Bate-papo

  • Você sabe qual é o significado destas palavras na música?
    • Herói Quem é capaz de suportar situações adversas sem se abater.
    • VilãoQuem tem ações vis, abjetas, buscando prejudicar alguém; desprezível.
    • Arranhão Ferida superficial na pele feita com as unhas ou a ponta aguda ou áspera de um objeto.
    • Colo[Figurado] Local destinado ao descanso; onde se consegue repousar; lugar que pode servir como abrigo.
  • Do que você tem mais saudade de seu tempo de criança?
  • Você sentia pressa em crescer rápido?
  • O que passava em sua mente quando olhava para pessoas com 10-20 anos a mais do que você?
  • O que você pensava em ser quando crescesse?
  • Falemos um pouco sobre esta parte da música: «… um joelho ralado dói bem menos que um coração partido
  • Atividade: Crie uma história com o título «Era um vez» contando sua infância, mas como observador, em terceira pessoa. Veja o exemplo:
    • Era uma vez uma menininha muito curiosa chamada Fabiana, ela não tinha pai, mas tinha uma mãe muito amorosa. Ela adorava ir à casa das tias para comer comida diferente e brincar com os primos. Ela se sentia muito feliz jogando queimada na rua. Era uma excelente estudante e fazia duas vezes a fila do refeitório da escola para repetir a comida que mais gostava…
  • Tempo verbal predominante a ser usado: Pretérito Imperfeito